quarta-feira, janeiro 13, 2010

Cantamus



And now for something completely different... Gostaria de auscultar as vossas opiniões antes de emitir a minha própria... que se vos apraz dizer sobre este coro feminino britânico que vem designado como "Outstanding British Girls Choir" ou "highly acclaimed Cantamus girls choir "? E que dizer da imagem ultra-super-mega-se calhar não por acaso-cuidada deste Cantamus?
E já agora, se colocarmos este coro e o Pro Musica Girls Choir num continuum, onde se situa o CCS? Mais perto de quem? Refiro-me claro, não à qualidade vocal e artística, mas à opção estética musical...

7 comentários:

ap disse...

De facto, este é um exemplo bem diferente. Parece mais uma versão feminina dos "Il Divo" :D

É um grupo interessante para quem quer "vender" bem, conquistando rapidamente um público variado. E, por incrível que pareça (tendo em conta o estilo que interpretam) as cantoras estão bastante mais formais que no exemplo do Pro Musica Girls Choir, onde a elegância se funde com a simplicidade. Relativamente ao coro em si, parece-me ouvir não um coro mas um conjunto de vozes solistas que partilham a mesma obra (não gostei nada do vibrato aqui usado). Enfim, não é que seja mau, até porque, como não conheço o coro, poderá ter sido assim por causa da obra escolhida, mas pessoalmente identifico-me mais com a simplicidade do outro coro. O que realmente importa deverá ser a música, não tanto o visual.

Anónimo disse...

Bem, este é um coro totalmente diferente do Pro Musica Girls.

Este último coro não canta "a capella" e a "base" da música , é suportada pelo piano(pelo menos nesta amostra!). Este último coro é bem maior que o Pro "etc".
O Pro "etc" tem uma postura mais clássica.Concordo com o que o ap disse: "É bom para quem quer vender bem!" Não que haja algum mal nisso, antes pelo contrário, creio eu.

Penso no entanto, que o essencial é definirem o que querem cantar, pois tudo o resto roda à volta disso: visual, posturas etc etc etc.

No entanto continuo a achar que vós enquanto coro jovem deviam apostar num repertório jovem, ou incluir peças "jovens" no vosso repertório com maior frequência.

Silvia disse...

Concordo inteiramente com a opinião da Armanda. A opção estética musical é claramente comercial, tal como o visual, estão todas acabadas de sair da cabeleireira!! Tal como a Armanda, não gosto do vibrato! Parece uma peça de conjunto de concorrentes dos Ídolos!!
Quanto ao CCS, eu acho que obviamente nos queremos aproximar mais do coro húngaro, no que diz respeito à escolha de repertório. Quanto ao visual, acho que as húngaras tem uma aspecto muito simples, quase infantil, que também não combina muito connosco. Se calhar estamos "algures no meio" da simplicidade infantil e da imagem super cuidada!

Raul Avelãs disse...

Não gosto nada disto. Concordo inteiramente com a Armanda quanto ao vibrato. Vê-se que são vozes trabalhadas, mas não funcionam bem como coro. Não há fusão nenhuma. E, de facto, vê-se que o único objectivo é terem sucesso rápido. Acho piroso...

MHenriques disse...

Bem o Pro Musica Girls, arrepiou me!! Já este deixa mt a desejar, não gosto da disposição em palco , para nós a minha preferida é uma fila e misturadas :) mas depende da peça que cantamos. Acho óptimo cantarem sem partituras e sem estante, para nós tbm seria bom (desde que não sejam peças em ALEMAOOOO): p as expressões vocais também dependem imenso das peças, julgo eu, acho que temos que ter essa "elasticidade". Em relação a qualidade vocal e estética do som gostei do timbre e estavam afinadas, mas não chegou, este coro não transmite emoção nenhuma, ao contrário do Pro Musical Girls. A roupa delas acaba por ser idêntica a nossa, a utilização do preto em saia, camisola, vestido, etc, apesar de algumas terem uma peça em branco, acho que é o típico não há muito a dizer. Desde que comecei a fazer audições sempre andei de preto, preto e branco é o normal… acho que nós somos todas muito vaidosas no coro loool dai a dificuldade em decidirmos um traje que seja uniforme, vai ser difícil chegar a uma decisão em que estejamos todas de acordo.

Ana Cláudia disse...

Pessoalmente, também considero este agrupamento sobretudo um produto comercial. E irrita-me especialmente o cabelinho ao vento :D
Mas devo dizer que, embora concordando com as opiniões expressas acima, não acho totalmente desagradável de ouvir... uma ou duas vezes...

Helena disse...

A mim pareceram-me um grupo de ninfas a tentar conquistar marinheiros! O ventinho no cabelo é o ar da maresia!!!!!! Não percebes mesmo nada Cláudia!!! Acho mas é que devemos encontrar um estilo nosso, que decerteza seremos capazes disso! Não há nenhum mal em ir buscando inspiração aqui e ali, mas por favor, fatelices não. Havia de ser giro, eu a Melra a ter de esticar o cabelinho cada vez que houvesse um concerto!Tenham juizo!!!!!
Ps: a Té manda beijinhos. (Está aqui ao meu lado só a melgar para mandar jokas!)