quarta-feira, setembro 09, 2009

Missa da Coroação - a história



A propósito da conversa surgida hoje, durante o ensaio, sobre a Missa da Coroação que nos encontramos a preparar, encontrei este texto de autoria de Fernando Pinto, contido no arquivo do Coro de Santa Maria de Belém.

A Missa da Coroação K. 317 de Mozart é uma obra que atingiu um estatuto e uma popularidade quase comparáveis ao Requiem KV 626, contando-se, certamente, entre as mais apreciadas das suas composições que datam do período de Salzburg. A designação poderá derivar da tradição segundo a qual teria sido composta no cumprimento de um voto, para comemorar a coroação da imagem miraculosa da Virgem no santuário de peregrinações de Maria Plain, perto de Salzburg, mas a autenticidade deste facto tem sido questionada.

Quem quiser, pode ler o resto do texto aqui.

8 comentários:

Susana disse...

Para não ser sempre a mais ignorante do grupo, em matéria musical, esse senhor já foi meu professor...e já cantei com o Coro de Santa Maria de Belém...aliás: gravei um CD...

Pois é, os pobres também têm direito à vida..

eheheh

Susana disse...

Como estou bem disposta, vou fazer mais um comentário...

Faz hoje 6 anos que foi dado o primeiro passo para a criação do CCS...uma pseudo-reunião no Outubrus...quem se lembra?

Melra disse...

Eu estive lá!!! Lembro-me bem... uma bela imperial preta! Ai, espera, era para falar da reunião, não era?! Pois, disso já não me lembro....

Claro que estou a brincar (mas a imperial preta estava lá!), lembro-me muito bem desse nosso encontro!

Silvia disse...

Pois um bem haja para o inicio do CCS!! Soube-me tão bem cantar na terça-feira aquelas músicas... Infelizmente não vou poder cantá-las em concerto... Mas ouvi dizer que poderá haver outras oportunidades!

Pianoman disse...

Este senhor Fernando Pinto estudou piano na mesma professora particular onde eu estudei. Fomos, assim, "colegas".
Mais tarde eu viria a dar aulas de piano nos Pequenos Cantores de Belém, tendo o Fernando sido, por isso, o meu "patrão".
É uma pessoa inteligentíssima, de uma grande sensibilidade e um excelente músico. Não me esquecerei da sua capacidade de improvisação quer ao piano, quer ao órgão.

_mi.™ disse...

pois mt bem! Eu tb tive nessa reuniao! Quem diria! =p

Aurélio disse...

Eu acho que quem esteve nessa primeira reunião devia ganhar um prémio pela tenacidade que têm tido... Espera eu também estive presente!!! Não pensem que tive esta ideia do prémio com segundas intenções...

Raquel disse...

Pronto, eu não estive. Foi só para destoar, agora! hehehhehe