segunda-feira, setembro 15, 2008

Manuel Maria Barbosa du Bocage


Manuel Maria Barbosa du Bocage nasceu em Setúbal, no dia 15 de Setembro de 1765 e morreu em Lisboa, no dia 21 de Dezembro de 1805. A sua cidade natal presta-lhe homenagem, dedicando-lhe este dia como Dia da Cidade e Feriado Municipal.




Detalhe da estátua ao Poeta, na Praça do Bocage, em Setúbal. Esculpida por José Carlos dos Reis, foi erigida por subscrição pública e inaugurada a 21 de Dezembro de 1871, no dia em que assinalava o 61º aniversário da sua morte. Na inauguração estiveram presentes, para além dos mais altos dignatários do reino, os maiores vultos das artes, entre os quais, Eça de Queiroz.


Gravura por Joaquim Pedro de Souza, cerca de 1868, buril e água-forte.

Nota de 100 escudos com a efígie de Bocage. Emitida em 1980, manteve-se em circulação durante dez anos, tendo sido retirada em 1990.


"Bocage e as Ninfas" por Fernando Santos (1929), Museu de Setúbal
E aqui fica Primavera Fértil de Vasco Pearce de Aevedo, pelo Coro de Câmara de Setúbal:

video



Já se afastou de nós o Inverno agreste
envolto nos seus húmidos vapores;
a fértil Primavera, a mãe das flores
O prado ameno de boninas veste:

Varrendo os ares, o subtil nordeste
Os torna azuis; as aves de mil cores
Adejam entre Zéfiros, e Amores,
E toma o fresco Tejo a cor celeste:

Vem, ó Marília, vem lograr comigo
Destes alegres campos a beleza.
Destas copadas árvores o abrigo:

Deixa louvar dar corte a vã grandeza:
Quanto me agrada mais estar contigo
Notando as perfeições da Natureza!

Sem comentários: