segunda-feira, fevereiro 01, 2010

Tokyo Ladies Consort Sayaka



Aqui temos o Tokyo Ladies Consort Sayaka, dirigido por Ko Matsushita, a cantar um madrigal de Adrian Willaert. Cantam bem e são expressivas facialmente, sem cair em exageros desnecessários.
Ah!... E também gosto muito do visual:é simples mas elegante, diferente do habitual e não se sobrepõe à música.
O que acham?
Ei-las aqui numa peça um pouco menos convencional. Pronto, MUITO menos convencional.
Mas não, rapazes, não estão nuas. :)

5 comentários:

Anónimo disse...

Olá!

Creio que este coro, é o mais próximo de vocês (em todos os aspectos), muito mais próximo que qualquer um dos anteriores. Vamos por partes!

O repertório parece-me ser algo que vocês gostariam de cantar, e cantariam com agrado.
Quanto à questão do visual, eu creio que aquela peça de roupa sem mangas, não se adequa à situação. Como devem ter reparado as coristas, neste caso são extremamente elegantes e magras, caso contrário, ou para pessoas que não gostam de ter os braços à vista pode tornar-se desconfortável. E um fato deve ser agradável ao público mas em 1º lugar deve ser agradável ao corista.

Notas:Não estou a querer dizer que vocês não são elegantes, mas creio que nem todas se sentiriam à vontade para usar um fato assim.
Para finalizar, de fatos roupas e derivados eu percebo pouco, muito pouco, mas enfim não quis deixar passar mais uma oportunidade para deixar aqui uma opinião.

Ana Cláudia disse...

Olá,
Absolutamente de acordo relativamente ao repertório, tem tudo a ver connosco! E elas cantam bastante bem, embora haja qq coisa nos coros orientais, que tem a ver com a percepção do texto (ou da falta dela...).
O facto de umas coisas ficarem bem a umas e outras a outras é o principal motivo de discórdia entre nós, mas enfim, neste caso referia-me mais propriamente ao conceito do que ao formato da blusa em si.
Continuemos observando...

ap disse...

Gosto bastante deste coro e, depois de as ver noutros exemplos disponíveis no youtube, mais gosto ainda. Obras bem difíceis, as que elas interpretam... ;)

Quanto à "fatiota", encontrei outros vídeos onde também surgem de vestidos pretos. Gosto mais... Já dizia a outra (não me lembro quem, no cinema) "Com um vestido preto nunca me comprometo!" :D

Pianoman disse...

AP: a grande Ivone Silva: "Com um simples vestido preto, eu NUNCA me comprometo" !

ap disse...

A Ivone Silva... Tens toda a razão! Já lá vão uns anitos; era eu uma criança (eh, eh, eh...)